PASTORAL DA SAÚDE DE NONOAI 20 ANOS DE ATUAÇÃO VOLUNTÁRIA

É seguindo os passos de Jesus Cristo que a Pastoral da Saúde descobre o seu lugar e  importância na sociedade

A vida é o dom mais precioso com que Deus agraciou o ser humano. Proteger a vida é uma missão sagrada de todos. Seguindo as diretrizes da CNBB, há 20 anos a Pastoral da Saúde de Nonoai vem desenvolvendo uma ação evangelizadora comprometida a defender, promover, preservar, cuidar e celebrar a vida, tornando presente na sociedade de hoje a missão libertadora de Cristo no mundo da saúde.

O objetivo da Pastoral da Saúde está no fato de que ela existe “para que todos tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10). É sua missão evangelizar com renovador ardor o mundo da saúde, à luz da opção preferencial pelos pobres e enfermos, participando da construção de uma sociedade justa e solidária a serviço da vida.

Para a coordenadora Luzia de Moras Mattes, o que há de mais gratificante neste voluntariado é a recuperação das pessoas que com humildade aceitam e acreditam no tratamento alternativo com as plantas medicinais, através dos fitoterápicos. “Neste mundo em que vivemos tomado pela ansiedade e depressão, muitas vezes as pessoas precisam, muito mais, de alguém que as escutem, do que propriamente o remédio”, expõe Luzia ao afirmar que a procura pelos atendimentos cada dia aumentam mais.

Numa sociedade preocupada com o ter e o poder, onde a saúde é vista como mercadoria e as pessoas adoecidas como um peso para o Estado, a Pastoral da Saúde se torna uma alternativa simples, quando nada mais parece resolver o problema.

De acordo com Luzia, os atendimentos na Pastoral giram em torno de 80 a 100 por mês. “É um trabalho de formiguinha! Os atendimentos ainda são poucos em relação a grande demanda, mas os resultados são impressionantes e nos estimulam a continuar”, ressalta ela.

AS ATIVIDADES

As atividades que a Pastoral da Saúde desenvolve junto à comunidade e à sociedade vão além dos fitoterápicos, inclui a massagem, a oração através da imposição das mãos, atenção especial ao ouvir e aconselhar as pessoas.

Segundo Luzia, durante estes 20 anos completados em maio de 2017, algumas pessoas que procuraram pelo atendimento na Pastoral estavam realmente no fundo do poço, pensando em tirar a própria vida. “Graças a Deus hoje estas pessoas estão bem, recuperadas, elas precisam de uma atenção especial, precisavam ser ouvidas, dividir os problemas, com paciência, persistência e fé conseguiram superar as dificuldades, quando tudo já parecia estar perdido”, conclui a coordenadora.

É importante ressaltar que o trabalho dos voluntários se dá de acordo com as dimensões de atuação desta pastoral e sempre motivado pela espiritualidade da acolhida e da proteção à vida, como Jesus ensinou ao escutar, acolher e curar os enfermos.

OS VOLUNTÁRIOS

Qualquer pessoa da comunidade, que se coloca à disposição de seus semelhantes, contribuindo para pensar formas simples e adequadas para que todos tenham saúde, pode participar e será bem vindo na Pastoral da Saúde. Quem se propõe a trabalhar nesta Pastoral deve ser uma pessoa que cultiva pensamentos positivos, alegria e esperança. Deve estar disposto a participar dos encontros, momentos de estudo, cursos, preocupar-se com a inculturação, ter bom relacionamento com as pessoas, enfim, acreditar que seu trabalho ajuda na construção de um mundo mais humano, justo e fraterno, onde a saúde é um direito de todos e um dever do Estado.

Imagens da homenagem durante a missa da saúde

PASTORAL DA SAÚDE 03 PASTORAL DA SAÚDE 02

 

PASTORAL DA SAÚDE

Voluntárias da Pastoral trabalhando no preparo dos fitoterápicos

1 thought on “PASTORAL DA SAÚDE DE NONOAI 20 ANOS DE ATUAÇÃO VOLUNTÁRIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *